Preservar a memória institucional é uma forma de manter a instituição viva, fortalecer suas bases, além de informar à população sobre a importância do bem público. Diante disso, a Assessoria de Comunicação Social da Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais (ASCOM/ESP-MG), desde o ano passado, vem trabalhando para organizar e catalogar as fotos de quase sete décadas de história da instituição (1946-2016)

Os trabalhos realizados pelas estagiárias do setor, Leíse Costa e Sabrina Mares, juntamente com o suporte do estagiário do Arquivo, Márcio Cordeiro e com a supervisão da ASCOM, já catalogou quase 600 fotos impressas, com base nos moldes das fichas descritivas sugeridas pelo Arquivo Público Mineiro (APM).

Para o assessor de comunicação da ESP-MG, Harrison Miranda, esse trabalho só foi possível devido à dedicação dos estagiários que fizeram uma força-tarefa para organizar esse arquivo. “A ASCOM faz parte da Comissão Permanente de Avaliação de Documentos de Arquivo (CPAD) da Escola e desde o início desse trabalho nossa intenção era recuperar e preservar a memória de quase 70 anos da casa. A condução dos trabalhos pelos estagiários foi perfeita”, disse.

Projeto Memória

Após a catalogação dessas fotos, elas serão guardadas em papel alcalino, para melhor acondicionamento e preservação. A próxima fase é a catalogação das fotos digitais, que também serão organizadas com as orientações sugeridas pelo APM.

Além disso, as fotos mais antigas, datadas da década de 1940, serão digitalizadas e publicadas nas redes sociais da Escola, como estratégia para identificação de pessoas e momentos da instituição.

Ainda no Projeto Memória, a Escola pretende realizar doação de cópias de fotos com o ex-presidente Juscelino Kubitschek na Escola, quando ele era governador de Minas Gerais (1951-1955), para a Casa de Juscelino, localizada em Diamantina (Vale do Jequitinhonha), sua cidade natal.

Resgate da história da ESP-MG continua com seus trabalhos
http://goo.gl/BD9ZF4

Projeto Memória da ESP-MG visita Arquivo Público Mineiro
http://goo.gl/93MFxP

Por Sílvia Amâncio