A Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais (ESP-MG), realizou nesta quinta-feira (11), o encerramento do curso de Pós-graduação lato-sensu em Atenção a Usuários de Drogas no SUS.

A emocionante formatura relembrou a trajetória dos 41 trabalhadores do Sistema Único de Saúde (SUS), que atuam no campo da Saúde Mental nos municípios de Belo Horizonte, Belo Vale, Brumadinho, Cláudio, Contagem, Curvelo, Ipatinga, Itabira, Jacinto, Jeceaba, Minas Novas, Nova Serrana, Oliveira, Patos de Minas, Patrocínio, Ribeirão das Neves, Sabará, São Gonçalo do Rio Abaixo, São José do Divino e Sete Lagoas.

Representando a direção da Escola, Marilene Barros de Melo, superintendente da instituição, reconheceu a importância do curso, parabenizou os alunos e a coordenação da especialização. “É importante pensar que a Saúde Mental vai além de estatísticas, precisa de cuidado, na sua dimensão ética, técnica, social e política. Por isso é importante que esses trabalhadores assumam essa posição de fortalecer o SUS, principalmente nesse contexto atual, de desmonte da saúde pública” destacou.

Ana Regina Machado, coordenadora da especialização e paraninfa da turma se emocionou ao falar dos alunos, dos professores, dos encontros e desafios ao longo da formação. “Nosso curso aconteceu durante um dos momentos mais críticos da história de nosso país, resistimos e construímos saberes de forma especial. Apostamos no fortalecimento dos laços sociais como condição para a formação e o cuidado”, comemorou.

Parceria

O curso foi financiado pelo Ministério da Saúde e realizado com o apoio da Coordenação de Estadual de Saúde Mental da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), e de acordo com Humberto Verona, teve o objetivo de qualificar os trabalhadores do SUS para a implantação e o desenvolvimento de práticas de atenção a usuários de substâncias psicoativas. “Vocês saem daqui como trabalhadores do SUS que vão lutar pelo diálogo com a sociedade”, refletiu.

Domiciano Siqueira, Humberto Verona, Ana Regina Machado e Marilene Melo

Homenagem

As alunas Fabiana Pimenta de Almeida e Marina Ribeiro de Melo Oliveira, representantes da turma, homenagearam a paraninfa, os colegas de turma, os docentes, a Assessoria de Comunicação Social da ESP-MG pela acolhida e todos os envolvidos na realização do curso.

O evento contou ainda com a presença dos familiares dos alunos, dos docentes do curso, de Domiciano Siqueira, da Associação e Redução de Danos de Minas Gerais e de Ana Maria Caldeira, do Conselho Municipal de Saúde de Belo Horizonte (CMSBH).

A aula final da especialização contou com a ilustre presença do fundador e ex-coordenador geral do Centro de Estudos e Terapia de Abuso de Drogas da Faculdade de Medicina da Universidade Federal da Bahia (CETAD/UFBA), Antônio Nery Filho, que falou sobre as práticas realizadas no cuidado ao usuário de droga no estado da Bahia.

Confira aqui as fotos do evento.

Por Débora Souza (Estagiária de Jornalismo ASCOM-ESPMG