Na última terça-feira (12), o trabalhador e docente da Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais (ESP-MG), Jean Alves, participou de roda de conversa com os alunos do Projeto de Extensão Economia Sem Limites, da Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que tem o objetivo de visitar escolas públicas no município de Belo Horizonte, para conversar com os alunos do Ensino médio sobre diversos temas relacionados a sociedade atual.

Segundo Jean, foi debatido com os alunos do projeto questões importantes acerca da construção do Sistema Único de Saúde (SUS) e sua importância para a sociedade, a importância da participação e mobilização dos jovens para a manutenção e fortalecimento das políticas públicas de saúde, principalmente no momento atual. “Fiquei muito feliz com o convite, principalmente por falar sobre o SUS com jovens graduandos das mais diversas áreas, que geralmente tem pouco contato com o campo da saúde, mas que entendem a importância do SUS para sociedade brasileira e mais, querem se capacitar para multiplicar informação e conhecimento aos alunos das redes públicas de ensino”, diz.

Ainda de acordo com o docente, mesmo que o atual cenário seja difícil, é necessário continuar educando e mobilizando a população, principalmente os jovens para a defesa das políticas sociais e do direto à saúde. “Conversamos sobre a organização do sistema em relação ao atendimento, aos níveis de atenção, financiamento e controle social. Eles serão multiplicadores dessas informações junto aos secundaristas nas escolas. Acredito que só assim iremos reduzir desigualdades e promover cidadania nesse país”, empolga-se.

O projeto

O Projeto de Extensão Economia Sem Limites conta com alunos de graduação das faculdades de Economia, Relações Econômicas Internacionais, Administração, Comunicação Social e Letras. Nas próximas aulas do grupo eles irão abordar o SUS e a importância desta política pública para o país.

SUS na sala de aula

A 1ª Conferência Nacional Livre de Comunicação em Saúde, realizada entre 18 e 20 de abril de 2017, em Brasília/DF, com o objetivo de discutir a democratização do acesso da população às informações sobre saúde, no eixo “Comunicação em Saúde e a Educação”, teve como proposta em seu relatório final “aumentar e melhorar a articulação entre saúde e educação, inserindo a temática do SUS nas escolas”.

Saiba mais sobre o projeto: https://www.facebook.com/economia.semlimites/

Por Silvia Amâncio

Enviar para impressão