Hoje (30), a galeria de ex-diretores da Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais (ESP-MG) recebeu mais uma foto, a da ex-diretora Maria Aparecida Mendes de Almeida Veloso, Cida Veloso, gestora da instituição entre 2016 e 2017. 

Com a presença dos trabalhadores da instituição, do diretor-geral Edvalth Rodrigues Pereira e do Secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Sávio Souza Cruz, a homenageada elogiou o compromisso dos trabalhadores da instituição no fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS), por meio de ações educacionais. “Agradeço pela homenagem, pela experiência e pelo conhecimento compartilhado durante esse tempo. Sou muito grata de ter tido a oportunidade de estar à frente da Escola, foi um período curto, mas muito marcante. A gestão foi participativa, com discussões e tudo sendo definido junto à Escola e isso me deixava feliz porque é o modelo de gestão que eu acredito”, lembrou.

A ex-diretora Cida Veloso (acompanhada de seu marido Hermes Veloso) com o secretário Sávio Souza Cruz e o diretor-geral da ESP-MG Edvalth Pereira

A homenageada ressaltou ainda a qualidade dos cursos da instituição. “Quero destacar a Acreditação Pedagógica da especialização em Saúde Pública, pela Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), pois o considero um marco para a Escola. Ele veio consolidar o que significa a ESP-MG e o SUS para Minas Gerais e para o Brasil. Não tenho dúvida que outros cursos poderão ser acreditados”, enfatizou.

Memória institucional

O diretor-geral Edvalth Rodrigues Pereira, agradeceu a presença de todos e elogiou a gestão da ex-diretora. “Não poderíamos deixar de lembrar a forma de conduzir da nossa amiga Cida. Eu tenho certeza que a passagem dela pela Escola deixou também a sua marca, como todos que aqui na galeria têm os seus retratos. Cada um a seu modo, contribui para que a Escola continuasse com sua missão no Sistema Estadual de Saúde”, disse.

Desafios do serviço público

Durante a inauguração do espaço localizado na Unidade Sede da Escola, o secretário Sávio Souza Cruz, comparou a atuações dos trabalhadores da saúde pública com os do meio ambiente. “Eu sempre digo que a saúde tem um aspecto muito similar ao meio ambiente porque as pessoas que trabalham nesses dois setores acabam se transformando em militantes da causa, do trabalho. Desde o meu primeiro contato com a saúde pública, eu senti isso fortemente entre os trabalhadores, particularmente, em relação à ESP-MG”, disse.

Para o secretário, o comprometimento dos trabalhadores do SUS é um “alento de que podemos, sim, fazer com que o serviço público seja um espaço de trabalho em favor da população, daqueles que são a razão desse serviço”, salientou.

Realizações

Cida Veloso foi a 22ª diretora e a oitava mulher a assumir esse cargo na instituição desde a criação da Escola em 1946. Durante sua gestão, ela apoiou importantes ações, como o Curso de Aperfeiçoamento em Educação Popular em Saúde (EdPopSUS), a segunda turma da Especialização em Gestão do Trabalho e Educação em Saúde (CEGETS) e as Oficinas e Formação de Trabalhadores da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS).

Cida Veloso com os trabalhadores da MGS que atuam na ESP-MG

Por Jéssica Torres (Estagiária de Jornalismo ASCOM/ESP-MG)