Na última semana de novembro, a Prefeitura Municipal de Ribeirão das Neves, por meio da Gerência de Vigilância Ambiental e Controle de Vetores e Zoonoses, realizou no Parque Ecológico do município, o Dia “D” – Dia de Mobilização ao Controle do Vetor Aedes aegypti, mosquito transmissor do vírus da dengue, chikungunya e zika vírus. 

A atividade, que contou com várias parcerias, foi uma iniciativa dos alunos da Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais (ESP-MG), da especialização em Comunicação e Saúde, Fabiano Teixeira e Marylucia Aparecida da Silva, que são trabalhadores do município da Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Moacir da Costa Junior (Prefeito de Ribeião das Neves), Renata Leandro de Figueiredo e Silva (Secretária de Saúde) e José Jacinto da Mota Júnior (Secretário Adjunto de Saúde)

Além de informações sobre o mosquito, o Dia D contou com atividades de lazer e entretenimento para a população de Ribeirão das Neves, como teatro, brincadeiras com distribuição de brindes, desfile de estudantes com vestimentas feitas de materiais reutilizáveis como papelão, plásticos e metais, oficina de reaproveitamento e apresentação do Bloco Tambolelê.

Na oportunidade, os Agentes de Combate à Endemias do município, responsáveis por realizar, de forma efetiva, a prevenção da proliferação do mosquito por meio de visitas domiciliares, foram condecorados com o certificado de “Honra ao Mérito”.

Fabiano Teixeira, que é Supervisor em Saúde da Equipe de Educação em Saúde da Zoonoses de Ribeirão das Neves, explica que durante a semana do evento, foram realizadas ações para mobilizar a população acerca dos cuidados a serem tomados para evitar a proliferação do mosquito. “As equipes realizaram Blitz Educativa na entrada da cidade, palestras, divulgação nas escolas e nos comércios da área Central do Município. Estimamos que cerca de 1.000 pessoas participaram desta mobilização”, diz.

Marylucia Aparecida da Silva Ferreira (aluna da ESP-MG), Moacir da Costa Junior (Prefeito de Ribeirão das Neves), Fabiano Teixeira (aluno da ESP-MG), Ricardo Souza (Gerente de Vigilância Ambiental e Controle de Vetores e Zoonoses)

Ainda na atividade, os presentes realizaram a troca de materiais recicláveis por materiais escolares, sendo recolhidos mais de 1.700 objetos entre garrafas pet e latinhas de alumínio. 

Mobilização em sala de aula

Na grade da especialização em Comunicação e Saúde da ESP-MG, os alunos participam da disciplina “Comunicação e Participação na Democratização das Políticas Públicas de Saúde”, que discuti, entre outras premissas, o fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS), por meio de ações de mobilização social, tendo a população como “agentes mobilizadores”, capazes de articular estratégias para o compartilhamento de informações sobre saúde.

Com informações da Gerência de Vigilância Ambiental e Controle de Vetores e Zoonoses da Prefeitura Municipal de Ribeirão das Neves

Por Sílvia Amâncio