No dia 26 de julho, foi realizado na a Unidade Básica de Saúde Oswaldo Cruz (CSOC), vizinha da Unidade Sede da Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais (ESP-MG), reunião da Comissão Local de Saúde para eleição dos novos representantes que ocuparão os cargos de presidente, secretário e sub-secretários pelos próximos dois anos.

Sérgio de Souza, administrador e usuário do Sistema Único de Saúde (SUS) na Unidade, falou da importância de participar da comissão. “É aqui no Controle Social que vamos legitimar as demandas de nossa Unidade Básica de Saúde. Para mim é muito gratificante, pois muita coisa por ser realizada por meio de minhas sugestões", afirma.

Ainda de acordo com o usuário que ficou dois anos como presidente da Comissão, é na base que as deficiências são vistas e sustentam a implantação das as políticas públicas de saúde.

Na reunião, um dos encaminhamentos da Comissão para a gestão municipal foi a construção de 40 novas unidades de saúde.

Controle Social no SUS

A Comissão Local de Saúde integra o Controle Social no SUS, sendo o espaço onde os usuários que desejam se tornar conselheiros devem ser eleitos nos movimentos comunitários, associações de moradores, associações dos portadores de deficiência, movimentos de mulheres e aposentados, entre outros que possam existir no município.

Atualmente, Belo Horizonte conta com nove conselhos distritais e 149 Comissões Locais.

Saiba mais: https://goo.gl/JGH1ob

Por Scarlet Ferreira (Estagiária de Jornalismo - ASCOM/ESP-MG)