Na última terça, 19/02, a Escola de Saúde Pública de Minas Gerais, ESP-MG, em parceria com a Subsecretaria de Gestão Regional, subGr, da Secretaria de Estado de Saúde, SES-MG, recebeu os diretores das Gerencias Regionais de Saúde para o módulo de lançamento do Programa de Desenvolvimento de Lideranças - PDL.

O programa prevê encontros periódicos com os gestores das regionais de saúde do estado para debater os processos de trabalho, atividades organizacionais e melhorias dos resultados da gestão. O PDL será baseado na educação permanente em saúde, administração pública e com formação aberta a discussão, não somente das questões centrais, mas de outras demandas que surgirem ao longo dos encontros.

PDL 01-min

A diretora da ESP-MG, Lenira Maia, recebeu os participantes convidados e falou da importância do programa e da participação da ESP-MG em sua construção. “Esta instituição entende e abraça a relevância do PDL ao receber os gestores das regionais de saúde para debater os cenários e construir novas possibilidades para o Sistema Único de Saúde. Isso reafirma nosso compromisso de estar presente em todo o Estado de Minas Gerais, qualificando profissionais e discutindo inovação e melhorias para assistência em todo território mineiro”, afirma.

O subsecretário de Gestão Regional, Darlan Venâncio apresentou os objetivos e expectativas do PDL e destaca seu caráter inovador. “Este é um programa ousado, para desenvolver lideranças, qualificar as unidades regionais de saúde e melhorar a oferta dos nossos serviços para o Sistema Único de Saúde, para os usuários e os municípios, nossos maiores clientes”. Disse ainda que a ESP-MG é fundamental para o processo: “Desde o início do projeto procuramos a Escola para construirmos juntos, está na vocação da ESP trabalhar com capacitação, qualificação e educação permanente em saúde e isso é essencial para o sucesso do programa”, finalizou.

A primeira atividade do programa foi o debate Análise de cenários e desafios atuais da gestão em saúde, com apresentação dos convidados Dr. Virgílio Carneiro, vice-presidente do Instituto Mário Penna e Dr. Fábio Lentulio, Superintendente da Unimed BH. A mediação foi do servidor da ESP-MG, Rodrigo Machado. O cerne da discussão foi a relação público-privado no SUS e as oportunidades da produção de uma nova relação entre saúde pública, complementar e suplementar. No debate foram apresentadas propostas para um sistema saúde menos fragmentado e mais eficiente.

PDL 02-min

“Fico muito feliz de estar na ESP-MG para debater um tema tão atual e importante. É papel da academia, da Escola de Saúde, discutir o modelo assistencial que melhor atenda a população. E hoje, nós da saúde suplementar tivemos a oportunidade de apresentar possibilidades de trabalhar junto ao SUS para melhoria da assistência à saúde do cidadão”, afirma Lentulio.

Oficina

Pós Debate, os dirigentes regionais participaram de uma oficina para qualificação da demanda da formação que vai subsidiar toda a construção do plano de curso do programa. Para a Superintendente de Política, Planejamento e Gestão da ESP-MG e uma das coordenadoras da oficina, Fernanda Maciel, “o diferencial da ESP nesse processo é basear-se também nos desafios e contextos da atuação da regional e do seu dirigente”, destacou.

Os gestores regionais, agora alunos, estão motivados e com grandes expectativas em relação ao programa. “A Escola de Saúde tem um papel fundamental ao possibilitar as múltiplas formações, não somente nossa, os dirigentes, mas também dos os profissionais das regionais. Nós conhecemos bem a expertise da ESP por meio da educação permanente que a instituição promove. E os resultados a gente vê na prática, na melhoria dos processos de trabalho, como foi o caso do curso de Apoio Institucional. Com o Programa de lideranças a gente acredita que os resultados serão os melhores possíveis”, disse Franklin Leandro, dirigente da Gerência Regional de Ubá.

Kátia Rita, Superintendente da Regional de Passos acredita que o programa fortalecerá a atuação dos gestores e equipes. “Esse é primeiro encontro da nova equipe de Dirigentes Regionais. Fomos surpreendidos com o programa de desenvolvimento de lideranças, que tem tudo para produzir um novo padrão de qualidade para a gestão regional. Darlan foi muito feliz em escolher a ESP-MG para desenvolver esse programa junto a subGr. Essa Escola atua há 72 anos na formação e precisamos fortalecê-la cada vez mais em prol da qualificação dos trabalhadores da saúde de Minas Gerais e do SUS”, afirma.

PDL 03-min

A turma tirou a tradicional foto na escada da ESP-MG.

Nos dias 20 e 21, as ações do módulo de lançamento do PDL, ocorreram na Secretaria de Estado de Saúde (Saiba mais). O próximo encontro do programa acontece em março.

Por Jean Alves

Enviar para impressão