Na última quarta-feira, dia 27 de novembro, a Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais (ESP-MG) formou mais uma turma do Curso Técnico em Saúde Bucal (TSB). A cerimônia, que lotou o auditório da instituição, reuniu alunos, familiares, docentes e trabalhadores, que celebraram a formatura e conclusão do curso.

O Curso Técnico em Saúde Bucal da ESP-MG tem como objetivo formar profissionais trabalhadores da atenção primaria à saúde no SUS, preferencialmente da saúde bucal.A trigésima nona turma do curso formou 30 novos técnicos, atuantes em 16 municípios do Estado: Belo Vale, Caeté, Confins, Igarapé, Juatuba, Lagoa Santa, Mateus Leme, Matozinhos, Nova Lima, Nova União, Ouro Preto, Pedro Leopoldo, Rio Manso, Sabará, Santana do Riacho e São Joaquim de Bicas.

A diretora-geral da ESP-MG, Lenira Maia, outorgou o título de técnicos aos alunos e parabenizou os formandos e trabalhadores da Escola por mais esta etapa. “Não temos ainda no país, acesso universal a saúde bucal. Só é possível mudarmos esse quadro com profissionais qualificados e comprometidos. Vi o comprometimento dos alunos em todo esse percurso, e acreditamos que esse compromisso com a saúde bucal de qualidade se renova a cada turma que concluímos”, comemora.

A coordenadora do curso, Alice Massote, avaliou com orgulho a formação. Destacou o comprometimento dos estudantes, que superaram desafios pessoais ao longo do curso. “Sabemos das dificuldades enfrentadas, da distância e do investimento pessoal de cada um para a conclusão desta jornada. Acredito que os novos TSB farão parte da luta por um SUS potente, vivo, universal e de qualidade”, afirma.

A aluna Renata Pinto, do município de Igarapé, vê essa nova formação como uma oportunidade de novas perspectivas. “É uma porta aberta para novas oportunidades. Estou muito feliz e agradecida por ser aluna desta Escola, que me proporcionou muito conhecimento teórico e prático através das atividades em sala e em laboratório”, avalia.

Homenagens

As oradoras da turma, Márcia Faustino e Rosilene Fonseca, cumprimentaram, com emoção, os novos colegas de profissão e discursaram sobre as lembranças que marcaram os melhores momentos das semanas de aulas.

"Acreditávamos que iríamos chegar na ESP-MG direto para a cadeira odontológica e realizar procedimentos, mas vimos que a profissão é mais do que isso. Marchamos ao longo desta jornada com foco, encontramos valores que jamais esqueceremos", emociona-se Márcia.

"A ESP-MG pode ter a certeza de que não seremos apenas TSB, mas profissionais que buscam trabalhar saúde pública de qualidade, em prol da equidade", disse Rosilene, ao saudar a turma.

Além do discurso das oradoras, outorga de título e entrega do diploma simbólico, a cerimônia contou com muitas homenagens: da escola e professores aos alunos e, dos alunos aos professores e a instituição. Outro momento que marcou a formatura foi a apresentação de voz e violão realizada pela formanda Lilian da Cruz. Houve muita alegria, troca de presentes e emoção.

Por Gabriel Cruz, Estagiário ASCOM/ESP-MG sob supervisão.

Enviar para impressão