A Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais (ESP-MG) promoveu na última terça-feira, dia 20/04, o Webinário: "Quando a experiência move a formação para o SUS: a força da Educação Permanente em Saúde". O objetivo do encontro foi marcar o encerramento da 39ª Turma do Curso de Especialização em Saúde Pública da Escola e também lançar o livro da editora ESP-MG, "Tecendo experiências no SUS: narrativas de profissionais da Saúde Pública de Minas Gerais".

Participaram da abertura do Webinário, a superintendente de Educação e Pesquisa da ESP-MG, Flávia Cerqueira e a coordenadora de Educação e trabalho da ESP-MG, Anísia Chaves, que parabenizaram os novos sanitaristas e destacaram a importância da especialização para o SUS. Uma das coordenadoras da especialização, Amanda Nathale Soares foi a responsável pela mediação do webinário e abriu as falas comentando sobre título: "Quando a experiência move a formação para o SUS: a força da Educação Permanente em Saúde".

De acordo com ela, o título expressa palavras e conceitos que lançam luz para o trabalho realizado na ESP, para o curso de saúde pública, para o que é produzido na especialização e para a atuação coletiva dos trabalhadores no SUS e para o SUS. "Quando no título traz que a experiência move a formação para o SUS, nós queremos dizer que nosso trabalho na ESP, especialmente para este curso, é movimento. É trânsito, é deslocamento. É produção intensa de novos territórios", explicou. A coordenadora também enfatizou sobre a questão da experiência, que é o que afeta cotidianamente os trabalhadores do SUS e que foi um conceito intensamente trabalhado nas aulas e que resultou na linha condutora da narrativa do livro.

Após a abertura, três convidadas fizeram apresentações e cada uma compartilhou um pouco de sua vivência sobre as temáticas do seminário. Flávia Gazzinelli (UFMG), falou sobre: "Experiência como categoria conceitual para a formação de trabalhadores do SUS"; Rosa Gouvêa de Sousa (UFSJ) tratou do tema: "Por que a Educação Permanente em Saúde como dispositivo para a formação de trabalhadores do SUS e para o SUS?" E Rosa Maria Pinheiro de Souza (ENSP/Fiocruz), fez uma apresentação sobre o papel da Rede Brasileira de Escolas de Saúde Pública (RedEscola) no fortalecimento da formação de trabalhadores do SUS.

A transmissão do evento foi realizada pelo Canal da Escola no Youtube. Você pode conferi-la na íntegra em: youtube.com/escolasaudepublicamg

Narrativas e experiências

Após as apresentações, foi realizada uma breve cerimônia para representar a conclusão do curso e a entrega dos certificados simbólicos a cada uma/um dos 35 novos sanitaristas. Em seguida, a aluna da especialização, Rosângela Bernardo, oradora da turma, leu um texto em homenagem aos professores e aos colegas. Posteriormente, o assessor de comunicação da ESP-MG, Jean Alves, apresentou o livro: Tecendo experiências no SUS: narrativas de profissionais da Saúde Pública de Minas Gerais.

O livro ( Ebook) já está disponível para leitura e download, clicando aqui.

A proposta deste livro surgiu no contexto das discussões sobre a necessidade de colocar os saberes provenientes das experiências do trabalho na centralidade do processo de produção do conhecimento. Essas discussões orientaram o desenvolvimento da disciplina de Metodologia Científica do Curso de Especialização. O livro é de autoria dos estudantes da especialização e foi organizado por Amanda Nathale Soares e Thais Lacerda e Silva, trabalhadoras da ESP-MG, professoras e coordenadoras do curso. O layout e a diagramação é da Designer Gráfico da ESP-MG, Jacqueline de Castro e as ilustrações são de Brígida Ornelas.

O livro de 163 páginas, de leitura agradável, ágil e emocionante, reúne narrativas, em primeira pessoa, em que cada discente/trabalhador do SUS tem a oportunidade de compartilhar um relato, uma experiência, que foi essencialmente ancorada no processo de escuta e observação. Conforme o prefácio, escrito pelas organizadoras da obra, a inspiração para a escrita veio a partir do conceito de experiência proposto por Jorge Larrosa Bondía, segundo o qual a experiência é "o que nos passa, o que nos acontece, o que nos toca" (BONDÍA, 2002, p. 21).

Especialização em saúde pública

O curso de Especialização em Saúde Pública é a oferta educacional mais tradicional da ESP-MG e tem como objetivo possibilitar a formação crítico-reflexiva de trabalhadores do Sistema Único de Saúde (SUS), na perspectiva da Educação Permanente em Saúde, com ênfase no desenvolvimento de práticas interprofissionais para o fortalecimento do SUS. Em 2017 recebeu da Agência de Acreditação Pedagógica vinculada à Associação Brasileira de Saúde Coletiva (ABRASCO), o certificado de excelência na formação de sanitaristas do SUS.
A 39 ª turma buscou enfatizar a educação interprofissional e contou com a parceria da Rede Brasileira de Escolas de Saúde Pública - Redescola. A turma formou 35 alunos, profissionais diversos municípios do estado, atuantes na gestão, atenção e cuidado em Saúde.

Por Vívian Campos - Ascom/Esp-MG