A oferta de ações educacionais na modalidade a distância já é realidade na Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais (ESP-MG). Por meio da criação da Assessoria de Tecnologias Educacionais em Saúde (ATES), essa modalidade fortalece a atuação da instituição na formação e qualificação dos profissionais que atuam no Sistema Único de Saúde (SUS) em Minas Gerais, além de potencializar o acesso à educação e disseminação de conhecimento. 

Ao longo deste ano, a ESP-MG ofertou os seguintes cursos na EaD: Curso de Atualização em Saúde Mental, Álcool e outras Drogas (CASMAD) e Capacitação para Tutor Virtual.

Essas ações educacionais tiveram cerca de 500 inscrições e 135 alunos matriculados. Outras duas ações estão em desenvolvimento e, em breve, serão disponibilizadas para os trabalhadores do SUS. São elas: Curso Educação em Saúde nas Práticas do ACS e Curso Financiamento do SUS: da teoria à prática.

Para a diretora-geral da Escola, Lenira Maia, a modalidade representa a ruptura da dimensão espaço e tempo, se considerarmos as dimensões geográficas do Estado de Minas Gerais. “A EaD surge como uma ferramenta potente para ampliar os espaços de ensino e aprendizagem para os trabalhadores do SUS nos municípios mineiros, proporcionando novas possibilidades de formação e capacitação”, diz.

Ainda segundo a diretora, o grande desafio na EaD é garantir a sustentabilidade das ofertas educacionais ao longo dos anos. “Hoje, nosso compromisso é com essa continuidade de ofertas de cursos, que reforça a missão da ESP-MG, dissemina conhecimento e fortalece a saúde pública”, afirma.


Equipe da Assessoria de Tecnologias Educacionais em Saúde (ATES) da ESP-MG

Acesso ao conhecimento

Outra ferramenta implantada pela Escola para facilitar o acesso ao conhecimento produzido na instituição é o Repositório Institucional, um sistema de informação que armazena, organiza, preserva e dissemina as informações produzidas pelos trabalhadores, alunos, docentes, sejam materiais didáticos, artigos, livros, resumos, trabalhos apresentados em eventos e trabalhos de conclusão de curso.

De acordo com o coordenador da Biblioteca da ESP-MG, Jefferson Oliveira, o repositório será uma importante ferramenta que auxiliará na Gestão do Conhecimento na instituição. “Além de divulgar a produção da ESP-MG, as informações armazenadas nele irão fomentar a memória institucional, contribuindo para a geração de novos saberes”, explica.

Além do repositório institucional, outra ferramenta tecnológica está sendo remodelada e em breve estará disponível. O Blog da Biblioteca é um canal de comunicação entre o setor e a comunidade usuária. “Nessa ferramenta serão disponibilizadas novas aquisições, dicas de pesquisa, dicas de ferramentas e aplicativos úteis a estudantes, professores e pesquisadores”, diz o bibliotecário.

Por Sílvia Amâncio (ASCOM/ESP-MG)